Aceitar ou não crianças em seu imóvel para temporada: eis a questão!

E aí você resolveu dispor seu imóvel para locação por temporada: verificou as condições estruturais do imóvel, já checou se a mobília está ok, as instalações estão em perfeito estado e as roupas de cama e banho estão prontas para receber pessoas novas. Mas… pintou na sua cabeça a dúvida: “será que eu aceito hóspedes acompanhados de crianças? ”

A dúvida, inegavelmente, é extremamente pertinente. Enquanto muitos proprietários de imóveis no aluguel tradicional deixam claro que não querem os pequenos habitando o seu espaço, muitas vezes, permitir que crianças possam se hospedar no seu apartamento decide o sucesso ou não de sua empreitada.


Porém, não se pode ser ingênuo: aceitar que hóspedes levem crianças em sua estadia, implica em alguns contratempos que podem não ser tão bem compreendidos depois que acontecem… será que você está disposto a aceitar os pequeninos no seu imóvel? A partir de agora, vamos descrever alguns pontos que podem te ajudar a tomar essa decisão.

Conservação – é inegável, crianças são crianças. Portanto, é óbvio que irão brincar, se movimentar pela casa, de uma maneira que adultos não fariam. Isso pode acarretar em utensílios quebrados ou paredes riscadas. Por isso, recomendamos: não deixe disponível no imóvel, vasos ou itens de decoração com alto valor sentimental, e, entre as locações, faça sempre uma boa inspeção de check-out e limpe o que for necessário (possível).

blogger-image-145352998

Mobiliário – esse é outro ponto que precisa de um pouco mais de atenção. Brincando e na inocência, crianças podem se machucar nas quinas dos móveis, por isso, é importante se preocupar em não deixar no imóvel, mobílias muito pontiagudas, ou, se possível, deixar as quinas dos imóveis com algum tipo de proteção.

Uma preocupação que deve ser recorrente, é com os colchões. Algumas crianças ainda estão naquela fase em que fazem xixi na cama e, no caso, se isso acontecer no seu colchão, deve ser resolvido com urgência, para que a limpeza desse colchão seja realizada o mais rápido possível e hóspedes futuros não sejam prejudicados!

Redes nas janelas – demonstrar preocupação com a segurança dos seus hóspedes também é uma forma de fidelizá-los e de mostrar para outros possíveis locatários que seu apartamento é seguro para receber crianças. Por isso, caso seu imóvel se localize num andar muito alto do prédio, é aconselhável que se instale redes de proteção nas janelas, assim, os pais ficarão mais tranquilos e seu imóvel se tornará um exemplo de segurança!

Comodidades – esse pode ser um grande trunfo do seu imóvel! Se no condomínio onde está o seu apartamento para temporada existir comodidades direcionadas para o público infantil como playground, sala de jogos ou piscina infantis, destaque isso nas fotos e na descrição do imóvel! Certamente, entre um imóvel sem esse tipo de atração e um imóvel que esteja em um condomínio que as possua, que possua um valor um pouquinho mais elevado, tenha certeza que o segundo será o escolhido, sem sombra de dúvidas. Lembre-se que o custo benefício do que é oferecido, será sempre avaliado!

0-cei-espac3a7o-crianc3a7a-ganha-parque-infantil-25

Embora nem sempre os pequenos hóspedes sejam bem vindos, há de se convir que se o seu imóvel é espaçoso e possui diversos aposentos, é natural que ele se torne mais atraente para famílias e grandes grupos, que podem incluir crianças. Por isso, por maior que seja o seu temor em recebe-los em seu imóvel, pense primordialmente nas compensações que essa receptividade lhe trará!

É claro que você precisa ordenar como tudo vai acontecer. Por exemplo, é interessante que seja colocado um limite no valor do que é danificado no imóvel, assim, caso algo de alto valor seja danificado, o responsável por pagar o conserto ou substituição, será o locatário. Colocar isso bem claro no contrato de locação, ajuda bastante a deixar tudo da maneira mais clara possível.

Aqui na GoHouse, somos a favor da receptividade sempre, por isso, todos os imóveis que administramos recebem crianças. Além disso, nos mantemos atentos ao estado do imóvel, se seu mobiliário está bem conservado e se algum outro reparo mais profundo é necessário ser feito. Cabe ressaltar que estamos apenas nos referindo a contratempos que podem acontecer: não quer dizer que, por hospedar crianças, seu imóvel vai ser danificado por inteiro, ok?!

Não perca mais nenhuma dica que o blog GoHouse pode te dar a respeito do universo do Aluguel por temporada: assine já a nossa newsletter e fique por dentro de tudo!

Share via email

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*